21 benefícios do Óleo de Coco para a saúde

Já existem milhares de estudos que demonstram as grandes virtudes do Óleo de Coco Virgem, mas são tantos os benefícios que aprendérselos todos pode ser esmagadora. Faz tempo que obtemos uma lista com mais de 300 utilizações conhecidas do Óleo de Coco, mas desta vez vamos falar especificamente dos 21 principais benefícios do Óleo de Coco e seus efeitos colaterais. ConuTherm óleo de coco em capsulas.


1 – O Óleo de Coco é um tratamento natural contra o mal de Alzheimer


Realidade ou Ficção?


O metabolismo dos ácidos graxos de cadeia média contidos no Óleo de Coco Virgem no fígado produz corpos cetónicos, que são convertidos em energia imediata para o cérebro, sem a necessidade de intervenção da insulina para processar açúcares. Estudos recentes mostram que o cérebro produz a sua própria insulina para processar a glicose e dar energia para suas células. O cérebro dos pacientes com Alzheimer perde a capacidade de produzir a insulina e os corpos cetónicos são criadas graças ao Óleo de Coco se tornam uma ótima fonte de energia para o cérebro enfraquecido dos pacientes desta doença degenerativa (referência 1, referência 2).


2 – O Óleo de Coco previne a hipertensão e a doença cardiovascular


O Óleo de Coco Virgem é rico em gorduras saturadas naturais, que não só aumenta o bom colesterol (conhecido como HDL), mas também converte o colesterol de baixa densidade LDL (mau) colesterol de alta densidade. À medida que aumenta a quantidade de HDL promove a saúde cardiovascular e reduz a taxa de doença cardiovascular.


3 – O Óleo de Coco cura infecções de urina e nos rins


Foi descoberto que o Óleo de Coco Virgem pode curar infecções de urina e de rim. Isto é devido a que os ácidos graxos de cadeia média podem funcionar como antibióticos naturais, ao destruir a camada de gordura das baterias, o que acaba com elas de imediato. Existe até mesmo um estudo que mostra diretamente que o Óleo de Coco protege o fígado contra danos de tipo diferente (referência 3).


4 – O Óleo de Coco reduz a inflamação e a artrite


Em um estudo realizado na Índia, os altos níveis de antioxidantes presentes no Óleo de Coco Virgem reduziram a inflamação e curam a artrite de forma mais eficaz do que vários medicamentos comuns (referência 4). Em outro estudo recente, o Óleo de Coco produzido sem temperatura mostrou que poderia eliminar a inflamação de certas células, funcionando como analgésico e anti-inflamatório.


5 – O Óleo de Coco na prevenção e no tratamento do Câncer


A ciência sobre o Óleo de CocoO Óleo de Coco Virgem tem duas características que o tornam muito úteis na luta contra o câncer. Por um lado, os corpos cetónicos produzidos no metabolismo do Óleo de Coco no fígado são pura energia que não pode ser utilizada pelas células cancerígenas, que só podem se alimentar de açúcar, pelo que se suspeita que as dietas cetogénicas (como esta) podem ser muito úteis na recuperação de pacientes com câncer. Em segundo lugar, dado que os ácidos graxos de cadeia média, que contém o Óleo de Coco Virgem destroem a camada lípida das bactérias acabando com elas, pode, deste modo, acabar com a bactéria Helicobacter Pílori, que se sabe, o que aumenta o risco de cancro de estômago. O mesmo foi visto nos estudos em que se induz o câncer de forma química, que a introdução do Óleo de Coco pode prevenir o desenvolvimento do câncer!


6 – O Óleo de Coco melhora o sistema imunitário


O Óleo de Coco contém, entre outros, Ácido Laúrico, que se sabe que reduz a cândida, luta contra as bactérias e cria um ambiente hostil para os vírus. Muitas das doenças de hoje em dia são causadas pelo crescimento descontrolado das bactérias, fungos, vírus e parasitas em nosso corpo. Substituindo grãos e açúcares na dieta do Óleo de Coco como fonte de energia quando se está doente, melhora a saúde. O açúcar faz crescer as bactérias, enquanto o Óleo de Coco Virgem só com elas.


7 – O Óleo de Coco melhora a memória e a função cerebral


Em um estudo de 2004 publicado pelo Journal of Neurobiology of Aging verificou-se que os ácidos graxos presentes no Óleo de Coco Virgem melhoraram os problemas de memória em idosos. Constatou-Se uma melhora significativa em todos os pacientes que tomaram este tipo de ácidos gordos. Uma vez que os Ácidos Gordos de Cadeia Média são absorvidos com facilidade e que o cérebro pode ter acesso a elas, podem ser usados como fonte de energia alternativa, sem o uso de insulina (referência 5).


8 – O Óleo de Coco melhora a energia e a resistência


O Óleo de Coco é de fácil digestão e produz uma sensação de maior energia sustentada durante mais tempo, aumentando o metabolismo. Quando se ingere um Óleo de Coco Virgem de qualidade como este, que não foi processado, pode-se obter o maior benefício dos ácidos graxos de cadeia média, que contém e que serão convertidos em energia no fígado. Hoje em dia, muitos triatletas usam o Óleo de Coco como fonte de energia durante o seu treino, como vimos neste artigo.


9 – O Óleo de Coco melhora a digestão, reduz a úlcera do estômago e a colite ulcerosa


O Óleo de Coco Virgem melhora a digestão e as úlceras de estômago, dado que permite ao organismo assimilar melhor as vitaminas lipossolúveis, o cálcio e o magnésio. Além disso, a combinação do Óleo de Coco com alimentos ricos em Omega-3, este se torna muito mais eficiente, pois sua absorção aumenta no organismo. O Óleo de Coco pode ajudar a aumentar a saúde bacteriana porque destrói a bactéria nociva e cândida, reduzindo a acidez do estômago, algo que já vimos em um outro artigo.


10 – O Óleo de Coco reduz os sintomas da doença de Gallbladder e a pancreatite


Os ácidos graxos de cadeia média, que contém o Óleo de Coco Virgem não necessitam de enzimas pancreáticas para ser decompostos de modo que consumir esta gordura natural reduz a carga de trabalho do pâncreas. Além disso, o Óleo de Coco é tão fácil de digerir do que se sabe o que pode reduzir os sintomas da doença de Gallbladder também e melhorar a saúde em geral.


11 – O Óleo de Coco melhora os problemas de pele


Detalhe de Psoríase nos cotovelosO Óleo de Coco é um tratamento facial fabuloso e melhora a hidratação da pele em geral, mas é também muito eficaz terapeuticamente no tratamento de alguns problemas de pele. O Ácido Caprílico e o Ácido Laúrico, dois dos ácidos graxos de cadeia média, que contém o Óleo de Coco Virgem reduzem a inflamação da parte interna da pele e melhora a hidratação das camadas internas, transformando-o em um grande aliado na luta contra diversos problemas de pele, incluindo queimaduras, eczema, caspa, dermatite e psoríase. No artigo anterior já falamos do assunto com mais detalhe.


12 – O Óleo de Coco previne a gengivite e problemas dentários


As lavagens bucais com Óleo de Coco Virgem têm sido usados durante séculos para lutar contra a bactéria na boca e para ajudar na cura de doenças dentárias. O Óleo de Coco é um excelente colutorio porque os seus ácidos gordos de cadeia média lutam contra a bactéria que se acumula na boca. Neste artigo explicamos também como usar o Óleo de Coco Virgem para criar uma pasta de dentes natural de alta eficácia.


13 – O Óleo de Coco previne a Osteoporose


O estresse oxidativo e dos radicais livres, que são dois dos principais alicerces da osteoporose. Dado que o Óleo de Coco Virgem tem muitos antioxidantes de alto nível que ajudam na luta contra os radicais livres, tornou-se parte do tratamento natural contra a osteoporose. Outro benefício incrível do Óleo de Coco é que aumenta a absorção do cálcio no intestino. Os estudos recentes sobre osteoporose demonstram que o Óleo de Coco não só aumenta a massa óssea em indivíduos, mas que, além disso, reduz a perda óssea devido à osteoporose (referência 6).


14 – O Óleo de Coco melhora a diabetes tipo II


Quando as células deixam de responder à insulina são considerados resistentes à insulina. O pâncreas tem que secretar mais insulina para compensar e entra em um ciclo de superprodução contínua deste hormônio. Esta resistência à insulina é a ante-sala da diabetes tipo II. Os Ácidos Graxos de Cadeia Média, presentes no Óleo de Coco Virgem ajudam a equilibrar esta situação, promovendo um processo digestivo diferente. Eliminam o stress do pâncreas, fornecendo as células de uma fonte alternativa de energia, que é metabolizado no fígado. Deste modo pode impedir ou mesmo reverter a diabetes tipo II.


15 – O Óleo de Coco ajuda a perder peso


Emagrecer com Óleo de CocoNão é mais misterioso do que o Óleo de Coco Virgem seja de grande ajuda na perda de peso, devido à sua capacidade para gerar energia no fígado, sem usar insulina. Mas é que, além disso, ajuda a queimar gordura, diminui o apetite e alguns estudos demonstram que, além disso, ajuda a reduzir o perímetro abdominal. Em um estudo publicado em 1985 no Journal of Toxicology and Environmental Health ficou provado que a injeção de ácido cáprico em ratos resultou em uma perda de gordura, inicialmente rápida e, posteriormente, mais estável. Embora possa parecer paradoxal que comer uma gordura contribui para a queima de gordura, este é precisamente o caso com o Óleo de Coco Virgem. No estudo de 1985, demonstrou que o ácido cáprico melhorou significativamente a função tireoidiana, reduziu as pulsações em repouso e ajudou a queimar gordura, e é precisamente o Óleo de Coco Virgem um dos alimentos mais ricos em ácido cáprico.


Mais recentemente, o Obesity Research Journal publicou um estudo da Faculdade de Medicina da Universidade de Boston, que explicou em detalhe o que os ácidos graxos de cadeia média contidos no Óleo de Coco ajudam a queimar gordura (referência 7).


Warning!

Atenção: Se você precisa perder peso ou conhece alguém que precisa, leia os testemunhos dos leitores do livro Emagrecer sem Milagres, o primeiro livro que recomendou abertamente tomar Óleo de Coco como parte de uma dieta nutricionalmente adequada para perder peso rápido de forma saudável e permanente. A solução para o seu problema pode estar mais perto e ser mais rápido do que você imagina.

16 – O Óleo de Coco promove a construção muscular e perda de gordura


Verifica-se que os ácidos graxos de cadeia média, presentes no Óleo de Coco Virgem são um dos principais ingredientes de muitos de preparações que levam as pessoas que querem gerar massa muscular. No entanto, como vimos neste artigo, é muito mais eficiente para tirá-los diretamente do Óleo de Coco -além de muito mais barato.


17 – O Óleo de Coco é benéfica para o cuidado do cabelo


Provavelmente você já deve ter lido este artigo que o Óleo de Coco Virgem é ótimo para o cabelo. Para melhor ser brevemente, você deve saber que o Óleo de Coco é eficaz como hidratante capilar, na luta contra a caspa, como para suavizar a pele e fortalecimento do cabelo. Mas te interessa saber, também, que há pouco publicar este artigo para dar a conhecer que o Óleo de Coco é muito útil na luta contra os piolhos.


18 – O Óleo de Coco em Infecções por Candida e leveduras


Um estudo publicado no Journal of Antimicrobial Agents and Chemotherapy, constatou que o ácido cáprico e ácido Laúrico no Óleo de Coco Virgem são tratamentos muito eficazes contra a candida albicans e contra as infecções por leveduras. A única coisa que você deve fazer é substituir os grãos e o açúcar da dieta do Óleo de Coco e deixar que os ácidos graxos de cadeia média são capazes de resolver as infecções (referência 8).


19 – O Óleo de Coco como cura anti-envelhecimento


De acordo com um estudo apresentado no Medical Journal of Food and Function, o Óleo de Coco Virgem aumenta os níveis de antioxidantes no organismo e, portanto, retarda o envelhecimento celular. Ao reduzir o estresse no pâncreas, o Óleo de Coco reduz o estresse oxidativo (referência 9). Além disso, está demonstrado que o Óleo de Coco melhora a desintoxicação do fígado.


20 – O Óleo de Coco ajuda no equilíbrio hormonal


O Óleo de Coco é magnífico como ajuda no equilíbrio hormonal, porque é uma fonte excelente de gordura saturada natural, rica em Ácido Laúrico. Diversos estudos demonstram que o Óleo de Coco é uma gordura adequada para consumir durante a menopausa e, além disso, pode ter efeitos muito positivos sobre os níveis de estrogênio (referência 10).


21 – O Óleo de Coco ajuda a erradicar a pobreza


Tribo TokelauCertamente este benefício do Óleo de Coco Virgem pode parecer surpreendente, mas está mais que comprovada a sua eficácia. Enquanto os óleos de cozinha convencionais são produzidos de maneira absolutamente industrial pela maquinaria agrícola e mecânica, praticamente sem a intervenção de pessoas, o Óleo de Coco vem de cocos colhidas à mão, por pessoas, em plantações absolutamente tradicionais. A polpa do coco imprensa em moinhos de pedra, sem a intervenção de maquinaria pesada e a indústria que nós defendemos melhoria da qualidade de vida e a situação de milhares de pessoas em áreas rurais. Nós apoiamos o consumo de Óleo de Coco Virgem que contém os 3 “P”, que são “Picked”, “Pressed” and “Packaged” at origin, ou seja, Coletado, Prensado e embalado na origem, de modo a que sejam os próprios agricultores locais, os que obtiverem o benefício de seu trabalho. Além disso, só deste modo é possível que o Óleo de Coco chegue ao consumidor com suas propriedades intactas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *